quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Desabafo Inútil


Relutei pra escrever isso, mas vamos lá.

Errei sim, não fui homem o suficiente pra dizer a verdade durante, e "no fim de tudo" fui homem de dizer o que houve, assumindo meus erros, pedindo desculpas, perdão e aceitando as consequências. Nunca fiz papel de muleque como dessa vez, até pq isso eu não sou. Nunca fui mal caráter como acho que fui, pq eu não sou assim. Não queria magoar ninguém, e no fim acabei magoando todo mundo. E isso não é desculpa minha, errei feio e ponto final.

Só peço a Deus que me perdoe, pq o perdão de vocês só o tempo dirá se irá acontecer. E estou muito envergonhado por tudo isso, pelos meus erros, mas a vergonha é de vocês duas, que magoei profundamente. Não tenho vergonha nenhuma de outras pessoas, aquelas que adoram julgar, que nesses dias com toda certeza após ouvirem o que houve destilaram seu veneno ou seus julgamentos e "conselhos". À essas não devo nada, e não tenho vergonha nenhuma, pq 99% das pessoas ali no fake erram tbm, seja consciente ou inconscientemente.

Não perdi nenhuma amizade, digo amizade mesmo. As outras pessoas, que estavam sabendo ou que eu mesmo contei, me falaram que errei sim, algumas me deram dura, mas em nenhum momento deixaram de ser amigas. E o resto.....bom, nunca precisei de restos na minha vida.

Talvez eu tenha que esquecer, tenha que começar uma vida nova ou conhecer pessoas novas. O problema é que eu não quero pessoas novas e nem esquecer.

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir